Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ELIANE AMORIM AZEVEDO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELIANE AMORIM AZEVEDO
DATA: 29/05/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Exame Realizado de Forma Remota (Sem Local Específico)
TÍTULO:

Gestão do Trabalho no SUAS: Entre a Precarização e a Garantia de Direitos, uma Análise sobre a Realidade do Município de Lauro de Freitas, Bahia.


PALAVRAS-CHAVES:

Assistência Social. Trabalho. Precarização. Direitos. Gestão do Trabalho. Lauro de Freitas.


PÁGINAS: 38
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
RESUMO:

O estudo fará uma análise acerca da implantação e funcionamento da gestão do trabalho na política de assistência social, buscando identificar se essa condiz com os princípios e diretrizes estabelecidos no marco regulatório em vigor, que trata dos processos de trabalho nessa política setorial no Brasil. O lócus de realização da pesquisa é o Município de Lauro de Freitas, estado da Bahia, apontando-se o processo histórico e óbices na área da assistência social em nível local, principalmente no que diz respeito à gestão, relações e estabelecimento de processos de trabalho no Sistema Único de Assistência Social – SUAS, em contraponto à dinâmica complexa e contraditória de viabilização e garantia de direitos da população usuária dos serviços, como da própria classe trabalhadora. Para tanto, faz-se necessário a contextualização do tema escolhido, situando-o numa realidade social maior, que comporta o agravamento da exclusão social, exploração e expropriação impostas pelo sistema capitalista, com suas refrações e reconfigurações na contemporaneidade, que têm como foco principal a crescente precarização e fragilização dos vínculos trabalhistas, que de modo mais impactante atinge os trabalhadores da política de assistência social, cujo percurso histórico remete à marca da desqualificação e desvalorização enquanto ação sistemática inscrita na concepção de trabalho profissional e socialmente referenciado. Neste movimento, destaca-se também o momento de crise político institucional que aflige a sociedade brasileira, resultando nos inúmeros retrocessos, com o retorno do conservadorismo, seguido de ataques e supressão de direitos e conquistas populares que ainda se encontravam no patamar de consolidação, mas já traçavam um desenho, mesmo que incipiente, de atenuação das mazelas que atingem historicamente as populações em situação de vulnerabilidade no Brasil. A relevância do tema proposto reside na possibilidade de contribuir para a discussão acerca do modo como se estabelece a relação entre gestão, processos de trabalho e precarização no SUAS, num momento de extrema gravidade como este, em que os riscos de quebra no processo histórico recente de reconhecimento da Assistência Social como direito aparecem na contramão de toda a construção marcada por lutas e resistência dos seguimentos populares e dos trabalhadores em geral.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1742199 - HELENI DUARTE DANTAS DE AVILA
Presidente - 1651179 - JUCILEIDE FERREIRA DO NASCIMENTO
Externo à Instituição - MARIA ELIZABETH SANTANA BORGES - UFBA
Notícia cadastrada em: 20/05/2020 08:41
SIGAA | Coordenadoria de Tecnologia da Informação - - | Copyright © 2006-2020 - UFRB - app3.srv3inst1