Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: RHAVENA ROCHA PEREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RHAVENA ROCHA PEREIRA
DATA: 01/08/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Prédio de Solos
TÍTULO:

RESÍDUOS ORGÂNICOS COMO SUBSTRATO NA QUALIDADE DE MUDAS E CRESCIMENTO INICIAL EM CAMPO DE Senna multijuga


PALAVRAS-CHAVES:

Bagana de Copernicia prunifera, composto orgânico, caule decomposto de Mauritia flexuosa, silvicultura tropical, recuperação de área degradada


PÁGINAS: 21
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Ciência do Solo
RESUMO:

Senna multijuga é uma espécie arbórea com potencial para ser utilizada na recuperação de áreas degradadas, podendo ser indicada para os programas de revegetação e reflorestamento. Objetivou-se avaliar o desenvolvimento de mudas de S. multijuga em diferentes substratos e proporções em condições de viveiro; e se as mudas de melhor qualidade apresentarão melhor desenvolvimento em condições de campo. Para compor os substratos foram utilizados três resíduos orgânicos (1 bagana de Copernicia prunifera, resíduo agroindustrial remanescente pela extração do pó de cera; 2 composto orgânico, oriundo da compostagem da poda da arborização urbana, esterco bovino e fibra da casca de coco e; 3 caule decomposto do Mauritia flexuosa) acrescido de amostras de um Latossolo Amarelo nas proporções 0: 100; 20:80; 40:60; 60:40 e 80:20 (resíduo:solo), totalizando 15 tratamentos com dez repetições cada. Aos 60 dias, cinco plantas foram removidas e os seguintes parâmetros avaliados: diâmetro do coleto, altura da parte aérea, clorofila foliar total, massa seca da parte aérea, massa seca das raízes, massa seca total, índice de qualidade de Dickson, área foliar, clorofila foliar total, razão de área foliar e acúmulo de nitrogênio na parte área. As cinco plantas restantes foram encaminhadas para campo por 150 dias, e ao final, as avaliações consistiram da mensuração da altura total, diâmetro à altura do solo, a relação H/D mensalmente durante os cinco meses e taxa de sobrevivência. O crescimento e melhora da qualidade das mudas testadas são variáveis não somente com a fonte, mas também com a proporção do resíduo que compõe o substrato e as condições do meio em que são expostas. O substrato formado por composto orgânico e solo (57:43) proporcionou maior crescimento das mudas de Senna multijuga em viveiro, e o substrato formado por bagana de Copernicia prunifera e solo (35:65) proporcionou maior crescimento das mudas de Senna multijuga em campo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1935872 - ELTON DA SILVA LEITE
Presidente - 1578117 - RAFAELA SIMAO ABRAHAO NOBREGA
Externo ao Programa - 1673320 - TERESA APARECIDA SOARES DE FREITAS
Notícia cadastrada em: 13/07/2018 17:35
SIGAA | Coordenadoria de Tecnologia da Informação - - | Copyright © 2006-2021 - UFRB - app2.intranet.ufrb.edu.br.srv2inst1