Notícias

Banca de DEFESA: MARIA IZA DE ARRUDA SARMENTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA IZA DE ARRUDA SARMENTO
DATA: 27/07/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Predio de Solos - sala 2
TÍTULO:

 

Curva de compactação de um Latossolo Amarelo em áreas sob povoamentos florestais e pastagem



PALAVRAS-CHAVES:

Ensaio de Proctor Normal, matéria orgânica do solo; coesão do solo


PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Ciência do Solo
RESUMO:

 


A compactação do solo influencia negativamente em vários atributos físico-hídrico do solo e, conseqüentemente, o desenvolvimento e produtividade das culturas. Com isso, práticas de manejo e uso do solo vem sendo estudadas com o objetivo de reduzir o processo de compactação. Nesse sentido, estudos dessa natureza são extremamente importantes para a região dos Tabuleiros Costeiros, que naturalmente já tem a qualidade físico-hídrico de parte de seus solos comprometida pelo processo de coesão, principalmente em subsuperficie. O objetivo desse trabalho foi avaliar a configuração da curva de compactação a partir de amostras de um Latossolo Amarelo distrocoeso, considerando-se diferentes povoamentos florestais e área sob cultivo de pastagem. O estudo foi realizado na Fazenda Experimental do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (CCAAB/UFRB), Campus Cruz das Almas, município de Cruz das Almas, BA. Adotou-se delineamento inteiramente casualizado, constituído por três povoamentos florestais: (i) Angico Vermelho (AV), com espaçamentos de 6 x 3 m e 6 x 2 m;(ii) Gonçalo Alves (GA) com espaçamentos 6 x 3 m e 6 x 2 m;(iii) Sabiá (SA) com espaçamentos de 3 x 2 m e 3 x 3 m; uma área de pastagem e uma área sob vegetação nativa de Mata Atlântica e em duas profundidades 0 - 0,20 m e 0,20 – 0,50 m. Todos os sistemas de uso do solo foram constituídos por três repetições cada, totalizando 48unidades amostrais. Para cada ponto e camada amostrada determinou-se a curva de compactação do solo através do ensaio Proctor Normal, além do teor de matéria orgânica e estabilidade de agregados do solo. Os dados que apresentaram erros com distribuição normal pelo teste de Shapiro-Wilk (p > 0,05) foram submetidos à análise de variância pelo teste Fischer e as médias dos manejos comparadas pelo teste Tukey (P < 0,05). As áreas sob povoamentos florestais e mata nativa apresentaram maiores teores de matéria orgânica e estabilidade de agregados em superfície e subsuperfície quando comparadas com a área sob pastagem, provavelmente, decorrente do maior aprofundamento radicular das espécies arbóreas que aportou maior teor de matéria orgânica em subsuperficie. As áreas que apresentaram os maiores teores de matéria orgânica no solo mostraram-se menos susceptíveis a compactação, mostrando que a implementação de povoamentos florestais pode influenciar positivamente na redução da compactação do solo, além de contribuir para minimizar o efeito da camada coesa em subsuperfície.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - JOSÉ FERREIRA LUSTOSA FILHO - UFLA
Presidente - 1514031 - JULIO CESAR AZEVEDO NOBREGA
Interno - 1578117 - RAFAELA SIMAO ABRAHAO NOBREGA
Notícia cadastrada em: 24/07/2019 10:18
SIGAA | Coordenadoria de Tecnologia da Informação - - | Copyright © 2006-2021 - UFRB - app3.srv3inst1