Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VINICIUS DE JESUS NUNES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VINICIUS DE JESUS NUNES
DATA: 21/11/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do PPGSQE
TÍTULO:

CONDIÇÕES ESTRUTURAIS DE SOLO CULTIVADO COM EUCALIPTO SOB DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO E ADUBAÇÃO ORGÂNICA NO TABULEIRO COSTEIRO DA BAHIA


PALAVRAS-CHAVES:

Latossolo Amarelo; Preparo do solo; Plantio direto; Cultivo convencional; Cultivo reduzido.


PÁGINAS: 12
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Ciência do Solo
ESPECIALIDADE: Física do Solo
RESUMO:

Os solos presentes nos Tabuleiros Costeiros apresentam graves limitações físicas e químicas. Deste modo, estudos que avaliem o efeito de sistemas de manejo do solo nos atributos físicos dos solos da região são importantes, principalmente, em áreas sob cultivo de eucalipto, as quais se encontram em expansão. O presente trabalho foi conduzido a fim de avaliar, fisicamente, um Latossolo Amarelo distrocoeso, com diferentes tipos de manejo do solo sob o cultivo de eucalipto. O experimento foi conduzido sob quatro sistemas de manejo de solo com adubação orgânica durante dois anos: cultivo convencional (CV); cultivo reduzido (S); plantio direto com cova a 0,6 m (C60) e; plantio direto com cova a 0,3 m (C30). Foram realizadas as determinações de macroporosidade (Ma), microporosidade (Mi), volume total de poros (VTP), densidade do solo (Ds), granulometria, grau de floculação (GF), diâmetro médio ponderado dos agregados (DMP) e resistência do solo à penetração (RMP). Não foram detectadas diferenças significativas em atributos como GF, Ds, Ma e Mi entre os tratamentos, demonstrando que para estes atributos, os tratamentos não foram suficientes para modifica-los após dois anos de cultivo do eucalipto. No entanto, o DMP, VTP e RMP foram atributos que demostraram diferença significativa. O DMP na profundidade 0,1-0,2 m, evidenciou os efeitos deletérios que o CV pode vir a causar a estrutura do solo nesta camada, mostrando também que tratamentos com perturbações menores (S, C60 e C30) do solo beneficiam ou minimizam os efeitos neste atributo. O VTP e a RMP demonstraram que o S proporciona melhores condições de aeração e resistência à penetração às camadas mais profundas do solo, desta forma demonstrando eficiência em romper a camada coesa presente nestes solos. O sistema de cultivo mínimo proporcionou melhores condições físicas em profundidade.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1935872 - ELTON DA SILVA LEITE
Presidente - 1514031 - JULIO CESAR AZEVEDO NOBREGA
Externo ao Programa - 1552743 - OLDAIR DEL ARCO VINHAS COSTA
Notícia cadastrada em: 05/11/2020 13:31
SIGAA | Coordenadoria de Tecnologia da Informação - - | Copyright © 2006-2021 - UFRB - app3.srv3inst1